Resenha - Zon - O rei do nada

Olá pessoal, como vão vocês?

A blogueira aqui tem uma super resenha hoje, alguém aqui já imaginou sendo o rei/rainha do nada? Vamos saber mais de Zon hoje, o nosso rei do nada.

Zon
Como seria reinar sobre absolutamente nada? Em Zon – O rei do nada, os leitores entrarão em contato com uma narrativa profunda e intensa, na qual conhecerão um personagem que precisa invadir mentes e consciências para continuar vivendo. E ele só ficará totalmente satisfeito se, no fim, destruir as crenças daqueles que domina. Dessa forma, abre espaço para que ele mesmo seja o substituto e se torne a grande divindade do universo. Porém, quando descobre que outras forças também trabalham em sua mente, Zon se vê preso num paradoxo, e já não tem certeza de que conseguirá dominar a realidade com tanta rapidez. Ao mesmo tempo em que constrói novas crenças, destrói sua própria existência. Quem estaria por trás desse controle? Conseguirá Zon permanecer vivo e são? Zon – O rei do nada é uma aventura fantástica onde verdade e mentira, realidade e ficção se misturam, fazendo com que até o mais calmo leitor estremeça diante das profundas descobertas.
SKOOB



  • Título: Zon - O rei do nada 
  • Autores: Andrei Simões e Lupe Vasconcelos
  • Editora: Empíreo
  • Número de Páginas: 239

RESENHA:
O livro é totalmente lindo e maravilhoso, deve ser lido por todos e espalhado pelo mundo todo... Não existem palavras corretas ou totais para descrever o livro, acho que nem a resenha chegará tão perto de realmente expressar o que senti e o que li sobre Zon que nunca sairá de minha memória já "parasitada" por ele...

"HOJE Zon me apareceu diferente. Seu olhar pedia compreensão e o meu olhar de autor pedia porquês... Então sentamos na pedra de minha consciência e abri a boca da mente, fazendo jorrar palavras." Pág 69.

Acho que darei mais pontos e opinião do que contar a história, acredito que o livro existe várias formas, minha mãe, por exemplo, leu parte dele e interpretou diversas partes diferentes da minha, por isso ao fim do ano lerei novamente, no ano que vem novamente e todos os anos uma vez ao ano...


O livro é bem filosófico com uma linguagem um pouco difícil para quem não possui um extenso vocabulário (aprendi três palavras novas rs), mas nada que não dê para ser entendido se for bem compreendido por você o contexto, tudo maluco não é? Foi isso que mais agradou, o livro "brincou" comigo em cada página e capítulo, a minha imaginação soltou de tal forma que não da para ser descrita, viajei diversas vezes. Demorei um pouco mais de duas semanas para concluir, por quê? Porque o livro precisa de muitas vezes parar, refletir e acima de tudo, ler lentamente, sempre.

A editora Empíreo começou com tudo, apostou no melhor livro com toda certeza, um livro que ficará para a história, para o futuro. Agora muitos e até eu mesma digo: - Um dos melhores livros recentes que já li e deve ser lido por todos, mas indico para alguém que goste muito do gênero.

"Quando um sonho morre, alguém no mundo nasce. Quando alguém mata o próprio sonho parido, este alguém morre, mas os órfãos oníricos permanecem vivos, até alguns encontrarem um novo sentido, e deste ato então nascem novos homens, e assim a vida é criada, e assim a serpente gira, engolindo a cauda." Pág 155.

Zon é misterioso, um louco personagem que vive em um paradoxo, parasita mentes para descobrir, conhece outros seres. Zon descobre ser um personagem de livro e assim ele embarca em uma jornada de autodescobrimento. Zon é e não é. Zon questiona bastante, Zon...


Não seria puxar saco fazer grandes elogios como o que praticamente tudo está na resenha, encontrei um erro sim, mas não atrapalha nada, as imagens em cada capítulo escuras/claras, da para perceber este paradoxo que Zon vive, as imagens brincam e o texto também, os dois se completam e assim "liberta" os leitores para fazer esta grande viagem e conhecer Zon, o seu mundo e não, descobrir se é ou não é.

A capa, história, diagramação, imagens, tudo muito lindo, não sei como, mas o livro entrou para favoritos... Mesmo assim, como disse bem no início da resenha, acredito que ainda não tenho uma absoluta noção para ter a total compreensão da história, não estou dizendo que não consegui, mas me desafiando a descobrir mais.

Embarque com Zon, descubra e viva... Ou não.

Classificação:
Onde comprar?

LINKS:

Gostaram da resenha? 
Obrigada a editora pelo exemplar cedido, parabéns ao Andrei e a Lupe.

Até mais pessoal.
Comentários
24 Comentários

24 comentários:

  1. Tamires, meu parabéns pela resenha, muuuito legal.
    Vc desapareceu, queria falar contigo hahaha *-*

    Logo menos irá sair a resenha lá no blog também ;) Adorei a sua e as fotinhos hahaha.

    Beeeeijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/2014/03/resenha-como-eu-era-antes-de-voce-jojo.html
    Comente ;)

    ResponderExcluir
  2. Eu recebi esse livro para resenhar, mas como estava atolada de livros para ler e resenhar, dei ele para uma amiga. Ela que está lendo e irá resenha-lo. Agora fiquei arrependida. Mas também pelo o que você falou na resenha, não é dos meus favoritos.

    Blog Prefácio

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Gente não conhecia, curti muito a resenha ;)
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Tamires,
    Esse livro deve ser muito muito bom para reflexões !! E um livro que fica com a gente para sempre !! Do jeito que você escreveu, estou fascinada por ele !
    Você vai amar : O Extraordinário Mundo de Greta ! ( http://www.blog-entre-aspas.blogspot.com.br/2014/03/resenha-book-tour-o-extraordinario.html) Depois olha lá, e me diga se me enganei ou não!!

    E adoro aumentar meu vocabulário !! Vou colocar na lista tb !
    Beijos Tah !
    Entre Aspas

    ResponderExcluir
  5. Oie, tudo bom?
    Eu particularmente não curto muitos livros filosóficos, mas a história parece bem empolgante e sua resenha me deixou curiosa.
    beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Apesar de ter achado a diagramação do livro linda eu acho que não leria.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oie,
    nossa eu não conhecia o livro, e confesso que não gostei da capa, mas o enredo parece ser bom

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  8. O livro parece bom, amei a resenha
    http://surejustnot.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Sinto o mesmo ao ler, Zon. O livro é tão fascinante, e cheio de paradoxo, além de complexo. Foi um dos livros mais diferentes que li, a pegada dele é única. Achei assustador e belo ao mesmo tempo.

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  10. Oie Tamires =)

    Infelizmente esse livro não me chamou a atenção. Eu até gosto de histórias que tenha esse toque mais filosófico, mas não consegui me empolgar com essa livro.

    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  11. Oii Tamires =DD
    Nossa que livro fantástico *-*
    Parece incrivelmente complexo mas nossa deve ser de tirar o folego!
    Adoro livros com desenhos originais!
    Anotada aqui a dica *-*
    Ameei a resenha <33
    Bjoos
    http://chacombolacha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oie Tamires!

    Eu amo livros assim filosóficos que cada vez que lemos temos uma interpretação um pouco diferente. E nossa eu me fiz essa pergunta: Imagine eu sendo rainha do nada. Poxa o livro deve ser beeem reflexivo. Gostei do fato de Zon ser misterioso e louco!

    Beijos!

    Meu Diário

    ResponderExcluir
  13. Curti a resenha e amei a diagramação do livro, mas mesmo gostado da resenha acho que não o leria no momento, já que é um mais filosófico.
    Brubs
    contodeumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olha só quem apareceu!
    hahahaa
    Para quem gosta de livros filosóficos deve ser sensacional... mas tenho que admitir que não sou uma das maiores fãs :(
    Deixa para a próxima!
    Beijinhos,
    http://www.interacaoliteraria.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi Tamires,
    tudo bem?
    Nossa, que livro é esse? Sua resenha está super empolgante, vejo que gostou muito do livro mesmo. Achei super criativa essa história e acho que é daquelas que tira nosso chão, nos faz refletir. Não conhecia, mas gostei muito, vou colocar na lsita.
    beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Adorei a resenha Thá. Acho legal livros que, assim como esse, podem ser interpretados de maneira diferente pelas pessoas que lêem.
    Ele tem uma proposta bem diferente, mas como não gosto muito de narrativas muito rebuscadas não sei se arriscaria essa leitura.
    Mesmo assim achei que a ideia é bem única e criativa!
    Beijos e boas leituras!

    ResponderExcluir
  17. Oi Tha :)

    Nossa. Impossível não QUERER absurdamente ler esse livro, sua resenha simplesmente está ótima e mais positiva do que tudo hahahaha Menina, você me deixou tão curiosa, isso não se faz u_u

    Beijos
    http://www.estantedasfadas.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Quando li o prefácio me arrepiei com essa história que parece ser totalmente profunda. Certeza que tenho que comprar esse livro *-*

    http://leitecombiscotos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Hey, Thá.
    Vou ser sincera, não curto nem um pouco livros do tipo. Quer dizer, até me interesso por um e outro, mas esse realmente não chamou minha atenção! Mesmo com sua resenha tão positiva eu não consegui sentir vontade de ler o livro!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  20. OMG!
    Menina... Você me deixou com uma baita vontade de fazer uma dívida para comprar esse livro heim kkkkkkk
    Nossa... Fiquei mega empolgada para ler! Parece ser tão, mas tão bom!
    Amei a resenha.
    beijokas!!!!
    http://letrasdanana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Não é meu estilo, mas parece bem legal.

    www.iasmincruz.com

    ResponderExcluir
  22. Nao gosto muito de livros assim, mas suas resenhas sao sempre muito boas !

    Obrigada por visitar meu blog, te espero por lá mais e mais vezes. Bjao!
    http://www.paaradateen.com
    http://www.facebook.com/PAARADATEEN

    ResponderExcluir
  23. Tamires, sinto-me muito honrado e lisonjeado pelo teu texto. Zon agradece. Esta obra é fruto de um esforço de quase duas décadas, pois criei o personagem em 1995, em alguns contos e em 2000 escrevi a primeira versão do livro. E após reescrevê-lo ao longo dos anos, em uma relação intensa de amor e ódio, a Empíreo apostou na obra e permitiu que Zon pudesse finalmente parasitar outras mentes, além da minha. Meu maior objetivo com esta obra é mostrar que filosofia pode ser algo emocionante, que um livro pra ser bom, não precisa ser superficial. Eu não subestimo os leitores e acho que eles podem ter sim um papel ativo na obra. E fique ciente que tua iniciativa, fazendo um blog com críticas literárias, tem um papel fundamental neste retorno do brasileiro às livrarias e ao ato de ler. Editoras independentes como a Empíreo são completamente dependentes de atitudes descompromissadas e sensacionais, como a sua. Talvez você não tenha percebido, mas executas uma função fundamental para o Brasil, porque país que não lê, não pode crescer. E tenha certeza que serás uma das primeiras a receber o novo livro para resenhar, faço questão. Se tudo der certo, 2015 lançarei livro novo, desta vez, explorando o terror em todas as suas formas e medos. Grande abraço!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, seu comentário me deixa muito feliz e pode ter certeza, vou retribuir com muito carinho!